sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Meu japamala arrebentou. E agora?

Antes de tudo é necessário entender os japamalas como cordões de contas amplamente utilizados em práticas mentais e espirituais. Portanto, é da própria natureza dos japamalas estarem conectados a volumes, intensidades e categorias variadas de energia.

Há basicamente duas situações que fazem com que o japamala arrebente. A primeira delas é um eventual defeito de fabricação, situação não muito freqüente, pois o japamala é um objeto muito simples e não requer muita “ciência” para confeccioná-lo. A outra situação, e esta é a que nos interessa, é a sobrecarga de energia a qual o japamala está exposto.

Desde a prática da meditação com mantras até o simples ato de carregar o japamala junto ao nosso corpo, estamos canalizando energia. E, naturalmente, o japamala sofre os impactos desta energia. Com o passar do tempo a sobrecarga de energia pode fazer com que o cordão arrebente.

Também existe a crença de que o japamala é um amuleto de proteção. Assim, ao agir diante de uma energia intrusa, o japamala também pode se romper para proteger o seu tomador.

Independente do que se acredita, o fato é que mais dia, menos dia, o seu japamala pode arrebentar. Uma medida para evitar que isso aconteça é fazer uma limpeza energética periodicamente em seu japamala.

São várias as possibilidades. Desde o bom e velho banho com sal grosso, deixa-lo por algumas horas sob a luz do sol ou sob a luz da lua, defumá-lo com algum incenso, até canalizar energia de limpeza para o japamala – o famoso “banho seco” para os reikianos. Vale tudo, desde que faça sentido para você.

E por último, mas não menos importante, se você quer uma maneira segura para guardar e proteger o seu japamala, vale a pena conhecer alguns bags - os delicados saquinhos com amarração.

Mas se mesmo assim seu japamala arrebentar, não tem problema. Basta recolher as contas, substituir aquelas que eventualmente tenham se perdido e fazer um nó. Pronto! Seu japamala estará de volta à ativa!

Boas práticas!

4 comentários:

  1. O meu arrebentou a ponta. Significa também a energias ? E posso continuar usando ele dessa forma?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! É bem possível que ele tenha sobrecarregado com energias diversas. Pode voltar a usá-lo sem problema algum. Mas seria bom fazer uma limpeza energética antes ;-)

      Um abraço,
      Mãos Ocupadas

      Excluir
    2. Quando eu li sobre as energias , lembrei que uma colega viu no meu pescoço e segurou ele. Dois dias depois soltou a parte dos fios (desculpe-me minha ignorância , não sei o nome rs ). Incrível como foi só soltar, minha cabeça começou a doer bastante. Irei sim fazer a limpeza energética nele. Gratidão e luz a você ! ♥

      Excluir
    3. Olá GIovanna,

      É incrível como essas coisas estão mais perto do que imaginamos.

      Tecnicamente, a ponteira em tecido se chama 'tassel'. Geralmente é a parte mais frágil e sensível do japamala. Simboliza a flor de lótus e suas pétalas.

      Mas não se preocupe. Basta reparar a ponteira, fazer uma limpeza energética e aguardar a próxima \o/

      Um abraço e muito sucesso aí!

      Excluir